Morre mulher que teve corpo queimado em São Francisco do Sul
10/08/2018 - 16h44 em Polícia

Morreu no final da tarde de quinta-feira a mulher que teve o corpo parcialmente queimado em junho deste ano em São Francisco do Sul. O ex-companheiro é o principal suspeito de ter jogado gasolina e ateado fogo em Cristiane Palopoli, enquanto os dois filhos dela presenciavam a agressão.

Segundo o delegado Marcel Araújo de Oliveira, o suspeito está foragido e o inquérito ainda não foi concluído. Ele espera a prisão do homem para poder ouvi-lo e encerrar o caso. Inicialmente, o ex-companheiro da vítima responderia por tentativa de homicídio, mas com a morte de Cristiane ele passará a responder por homicídio.

Durante a agressão, o homem teria arrastado a vítima para o banheiro, jogado gasolina e ateado fogo nela. os vizinhos tentaram socorrer e a levaram para a Unidade de Pronto-atendimento (UPA) de São Francisco do Sul. Posteriormente, a vítima foi transferida para o Hospital São José de Joinville, onde morreu nesta quinta-feira. A polícia informou que Cristiane já havia registrado boletins de ocorrência por agressão contra o ex-companheiro, o último deles em maio. Entretanto, havia decidido não realizar a representação judicial contra o suspeito. O casal já estava separado há algum tempo, mas ainda morava na mesma casa.

COMENTÁRIOS