Presidente do MDB catarinense anuncia Lunelli como pré-candidato a governador
25/01/2022 18:02 em Política

Foto: Patrícia Moraes/Divulgação

O deputado federal e presidente do MDB catarinense, Celso Maldaner, esteve em Jaraguá do Sul no sábado (22), onde promoveu um encontro com presidentes municipais do partido na região.

 

A reunião ocorreu na Chácara do Mime e o prefeito Antídio Lunelli não participou porque já tinha compromissos familiares, mas, mesmo sem sua presença, foi o foco do encontro.

 

Antídio foi confirmado por Maldaner como o nome do MDB para a disputa ao cargo de governador do Estado de Santa Catarina nas eleições deste ano.

 

 

"No encontro foi reafirmado o nome de Antídio Lunelli como [pré] candidato a governador", divulgou o presidente do partido em Jaraguá do Sul, Eduardo Bertoldi.

 

"O legado que nós temos em SC, com Pedro Ivo, Luis Henrique da Silveira, Paulo Afonso, agora o Antídio será o próximo governador", declarou Maldaner, em um vídeo em que aparece com o vereador Nilson Bylaardt, de Guaramirim, publicado nas redes sociais do do vereador.

 

Movimentação

O prefeito Antídio não demorou e já voltou a tratar de trabalhar para fortalecer seu nome para a disputa. Entrou em licença não remunerada já nesta segunda-feira (24) e fica afastado da Prefeitura a semana inteira para percorrer o estado em encontros com lideranças políticas, empresários e correligionários.

 

A agenda inclui encontros em Joinville, onde já esteve nesta segunda-feira (24), Florianópolis, Criciúma, Chapecó, Xanxerê, Içara, Tubarão e Curitibanos.

 

O deputado federal Carlos Chiodini também acompanha o prefeito.

 

Nada de vice

Antídio tem dito que caso o partido decida por compor na chapa de reeleição do governador Carlos Moisés, não aceitará ser candidato a vice. O prefeito justifica que tem diferenças administrativas com Moisés e quer implantar um novo modelo de gestão, fazer reformas e trazer mais resultado, algo que não conseguiria por em prática como vice.

 

"Não é uma diferença pessoal, é uma diferença na forma de gestão e de enxergar o que deve ser feito", pontua Lunelli.

 

O prefeito de Jaraguá também tem dito que vai brigar até o fim para ser o candidato do MDB, mas, se o partido decidir ser o vice - o que Antídio afirma que não acredita que vai acontecer -, ele retiraria o nome para que o partido tomasse uma decisão e que a respeitaria.

 

Caso isso ocorra, o prefeito jaraguaense também afirma que não tem interesse em concorrer a cargos proporcionais (deputado estadual ou federal).

 

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE