Publicidade
Centroweg ganha destaque em publicação de jornal britânico
07/09/2017 00:06 em Tecnologia

Em matéria publicada na última semana, o Centroweg foi destacado pelo jornal britânico “The Economist” como um exemplo mundial de educação técnica para o mercado de trabalho. Intitulada “Resolvendo a crise de habilidades da América Latina”, a reportagem aponta iniciativas que reduzem as desigualdades por meio do treinamento da juventude.

Analisando dados da pesquisa Inter -American Development Bank (IDB), o jornal pontuou que na América Latina há dificuldade para as empresas encontrarem mão-de-obra qualificada, algo que tem prejudicado o mercado diante das novas tecnologias. “Infelizmente, os estudantes Latino Americanos não aprendem o suficiente: testes internacionais mostram que muitos não conseguem resolver problemas de matemática linguagem básicos”.

O texto aponta que os governos fazem pouco para mudar a realidade, e que poucos programas de treinamentos mantidos por empresas “parecem funcionar” destacando a Weg como uma “exceção brilhante”.

“Sua escola de treinamento em sua maior fábrica, em Jaraguá do Sul, leva cerca de 200 jovens em um curso de até dois anos que combina a exposição diurna com a mecânica e a eletrônica com a escola noturna. Eles recebem salários e garantem um emprego. A recompensa para o WEG é que seus trabalhadores permanecem em mé- dia entre sete e oito anos”, destaca a publicação.

A reportagem do jornal britânico também destaca a atuação do Senai na formação de jovens brasileiros e usa o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva como um exemplo de superação através dos cursos oferecidos pela entidade.

Fonte: OCP ONLINE 

COMENTÁRIOS