Sábado foi de limpeza em praias e atenção a prejudicados pela chuva em SC
14/01/2018 09:59 em Geral

 

Sábado foi de limpeza em praias e atenção a prejudicados pela chuva em SC

 

Prefeituras atuam na recuperação das praias e no atendimento a moradores afetados por alagamentos..

 

Depois da chuva intensa que atingiu diversas cidades catarinenses, o último sábado (13) foi de limpeza sobretudo no Litoral Norte e na capital. Em Balneário Camboriú e Florianópolis, as prefeituras atuam na remoção de sujeira das praias repletas de veranistas, como mostrou o NSC Notícias.

 

Mais de 200 funcionários da secretaria de Obras e da empresa que faz a limpeza de Balneário Camboriú trabalharam na praia durante o sábado. Além das máquinas da prefeitura, empresários também emprestaram equipamentos para que o trabalho fosse concluído mais rápido.

 

O mais difícil foi nivelar a areia que ficou cheia de buracos depois que água veio das calçadas como uma cachoeira. Em Porto Belo, o trabalho na praia começou na manhã de sábado, já que 60% da cidade foi alagada e foi necessário atender antes os moradores e melhorar o acesso às ruas dos bairros.

 


 

Florianópolis intensifica trabalhos para reparar danos causados após semana de chuvas

 

Em Florianópolis, as praias do Norte da Ilha foram as primeiras a serem limpas pelas equipes da prefeitura. No sul da Ilha, o trabalho não havia sido iniciado até o fim da tarde.

 

A prefeitura explicou que o trabalho no Sul da Ilha está focado em ajudar as famílias e limpar as ruas. Na manhã, de sábado, as equipes da administração municipal retiraram entulhos de locais onde a água baixou. Mais de 20 caminhões trabalharam para drenar a água e liberar o trânsito.

 

Depois de uma vistoria, a Defesa Civil liberou o trânsito para o transporte coletivo na SC-406, entre a Praia Mole e a Barra da Lagoa. O acesso para ônibus foi suspenso depois que um barranco deslizou sobre a pista na última quinta (11).

 

Na noite de quinta, cerca de 40 pessoas precisaram dormir em um abrigo montado no conselho comunitário do rio Tavares. No local, voluntários passaram o dia trabalhando para organizar as doações de roupas e alimentos.

 

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE