Vítima de homicídio, pai de dois filhos será sepultado nesta segunda-feira em Massaranduba
15/01/2018 06:30 em Polícia

Vítima de homicídio, pai de dois filhos será sepultado nesta segunda-feira em Massaranduba

Depoimentos nas redes sociais revelam que Jaison Moacir Volpi, 36 anos, era um homem batalhador e exemplo de pai.

 

Técnico na WEG em Jaraguá do Sul e morador do bairro Guarani-Mirim em Massaranduba, Jaison Moacir Volpi, 36 anos, foi a vítima do primeiro homicídio na microrregião em 2018.

Pai de dois filhos, ele está sendo velado desde o começo da tarde deste domingo (14), na Capela da Igreja Sagrado Coração de Jesus, no bairro Guarani-Mirim, em Massaranduba. O sepultamento será às 10h desta segunda-feira, no cemitério do mesmo bairro. Além dos filhos, ele deixa enlutados a mulher, os cunhados, os pais, demais parentes e amigos.

 

Depoimentos emocionantes

 Nas redes sociais, amigos e familiares deixaram mensagens lamentando a morte precoce do morador de Massaranduba. “Com o coração em pedaços, mas certa que você cumpriu sua jornada e muito bem, descanse em paz meu querido cunhado. Ficará pra sempre em nossos corações”, escreveu Juliana Wilbert.

“Muito triste. Uma pessoa cheia de sonhos e vem um ser sem coração tirar a vida de uma pessoa tão batalhadora, amigo, pai, filho. Que seja feita justiça. E que Deus conforte o coração dessa família. Descansa em paz Jaison Volpi”, manifestou Betina da Silveira.

“Não há palavras que possam expressar a dor que estamos sentindo em perder alguém tão importante em nossas vidas. Mais um… A gente nunca vai entender o porque de pessoas tão boas terem que partir tão cedo. Mesmo sabendo que um dia a vida acaba, nunca estaremos preparados para perder alguém”, comentou Micheli De Carvalho Fraga Volpi.

“Hoje o céu vai ter mais uma estrelinha. Perdi um grande amigo, companheiro que durante 10 anos trabalhou comigo na Weg. Aprendi muita coisa com ele. Ainda não acredito que você nos deixou”, escreveu Sergilio Souza.

A última mensagem de Jaison nas redes sociais foi o compartilhamento de uma frase: “A vida é um caminho longo, onde você é mestre e aluno. Algumas vezes você ensina, mas todos dias você aprende”, publicou algumas horas antes de sair com a família e ser violentamente agredido.

 

O crime que abalou Massaranduba e região

Jaison morreu na madrugada de domingo no Hospital São José, em Jaraguá do Sul, horas depois de ser brutalmente esfaqueado por um motociclista alterado em frente a uma choperia. O crime ocorreu por volta das 20h de sábado (13), próximo ao cruzamento entre as ruas 11 de Novembro e da Integração, no Centro de Massaranduba.

De acordo com o relato de testemunhas à rede OCP News, Volpi estava com alguns familiares no estabelecimento quando percebeu que seu veículo foi atingido por uma motocicleta Yamaha YBR, de cor azul. “O motociclista veio no sentindo Centro/Guaramirim e, quando chegou no sinaleiro, se perdeu e colidiu contra o carro de Jaison que estava estacionado”, disse um dos familiares.

Jaison e os familiares saíram da lanchonete para verificar a situação do veículo. De acordo com testemunhas, o causador do acidente apresentava sinais de embriaguez e queria deixar o local da colisão. O motociclista disse para ninguém avisar a Polícia Militar, mas a vítima falou que chamaria a PM.

Com dificuldades para entrar em contato com a Central de Emergências (190), o cunhado de Jaison saiu de carro e, cerca de 800 metros distante do local, conseguiu chamar a Polícia Militar. Neste intervalo de tempo, o motociclista retirou uma faca de dentro de uma mochila e desferiu uma facada contra a região do peito da vítima. Um dos familiares ainda tentou acertar o autor da facada com um objeto, mas ele conseguiu fugir. A PM realizou rondas, mas o suspeito não foi localizado.

O homem esfaqueado estava deitado quando os bombeiros voluntários chegaram para socorrê-lo. “No momento do atendimento o estado dele era estável. Foram realizados os procedimentos de hemorragias e o paciente foi transportado ao P.A. de Massaranduba para maior avaliação. Depois ele foi transferido ao Hospital São José”, relatou um dos bombeiros. Um dos parentes disse que Jaison estava com um corte profundo e recebeu bolsa de sangue. “Ele foi colocado na UTI do Hospital São José em coma induzido, mas não resistiu e morreu”.

 

A procura pelo autor do assassinato

Com informações sobre a identidade do autor do crime, a família da vítima foi à Delegacia de Polícia de Jaraguá do Sul ainda na manhã de domingo. Conforme o boletim de ocorrência, o autor da facada é magro e tem cerca de 1,75 m. Testemunhas relataram que ele trabalhava em uma indústria de banana, no bairro Patrimônio, em Massaranduba.

 

Segundo familiares da vítima, até o fim da noite deste domingo o autor do crime não havia sido localizado. Câmeras de um estabelecimento comercial flagraram toda a cena do acidente e o esfaqueamento da vítima.

 

OCPonline

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE