PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
"É algo que tem de ser feito com mais discrição", diz especialista sobre transporte de valores
15/03/2019 09:40 em Segurança

Houve uma falha na operação de transporte de valores no Aeroporto Regional de Blumenau. Essa é a avaliação do coronel Eugênio Moretzsohn, um dos mais renomados especialistas em segurança de Santa Catarina.

Ouvido pela reportagem do Santa, Moretzsohn apontou ações que poderiam ter evitado o assalto que terminou com uma pessoa morta e duas feridas na tarde desta quinta-feira na Itoupava Central.

O primeiro ponto destacado pelo especialista é o claro vazamento de informação.

Continua depois da publicidade

 

– A mim cabe fazer análises, e na minha opinião o que mais me chama a atenção é o provável vazamento de informações. Alguém vazou. Não é possível que eles estavam de butuca e apareceram três carros-fortes de repente. Não funciona assim – comenta.

Na avaliação de Moretzsohn, esse tipo de operação que envolve o transporte de valores é algo que tem de ser feito com mais discrição:

– Aquilo tem de ser feito em um hangar. Fazer ao ar livre expõe a operação ao olhar de quem está de fora, à distância. Na impossibilidade de se fazer em um hangar, deveria ser preciso cercar o ambiente com algum tapume, com um obstáculo, até mesmo caminhões. É tudo questão de custo, claro, mas nega a vista para quem está observado.

– O transporte aéreo de valores é bem mais seguro, mas esse embarque e desembarque em terra tem de ser feito com mais discrição – destaca Moretzsohn.

Continua depois da publicidade

 

 

Outro ponto que poderia ter evitado o assalto e o tiroteio seria fazer o transporte de valores à noite. No Aeroporto Quero-Quero, porém, isso não é possível, já que não há o balizamento noturno – uma das demandas do Comitê Pró-Aeroporto de Blumenau (Copraer).

– Essa operação é mais segura à noite. Se tivesse sido feito isso, não teria ocorrido a infeliz morte daquela moça de 22 anos que estava fazendo um lanche, já que a empresa estaria fechada. Parece que à noite é mais perigoso, mas é preciso pensar nas pessoas em volta. Tem que pensar naqueles que estão circulando – diz Moretzsohn.

 

Sua empresa em destaque, Informações só clicar aqui

 

Receba Notícias e Informações diretamente em seu celular: Só Clicar aqui

COMENTÁRIOS