PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Luto e indignação: corpo de jovem morta em assalto é velado na Itoupava Central
15/03/2019 10:01 em Segurança

Surpresa, luto e indignação. Familiares, colegas de trabalho e amigos de Edivania Maria de Oliveira, 22 anos, amanheceram nesta sexta-feira, 15, ainda tentando entender a perda da jovem, atingida por balas perdidas durante o assalto no aeroporto Quero-Quero, quinta à tarde.

Edivania trabalhava na indústria MD11, vizinha ao aeroporto, quando foi ferida por disparos, provavelmente de fuzil. Ao menos dois tiros perfuraram o corpo da jovem, no abdômen e no tórax.

Continua depois da publicidade

 

Segundo relatos de testemunhas, todos estavam no refeitório no horário de lanche. Edivania levantou de repente, deu alguns passos e já caiu inconsciente no chão. Ela foi levada ao Hospital Santa Isabel, mas não resistiu aos ferimentos.

A MD11 não abriu as portas nesta manhã e uma fita preta sinalizava a consternação dos cerca de 60 colegas de trabalho. Todos foram liberados para comparecer ao velório.

O enterro de Edivania será no Piauí, estado de origem da família.

Continua depois da publicidade

 

O assalto

 

 

Eram 15h08 de quinta-feira, 14, quando duas caminhonetes pretas se aproximaram do portão de uma empresa que possui um hangar no aeroporto Quero-Quero, em Blumenau. Menos de 10 minutos depois, os dois veículos saíram pelo mesmo acesso, na movimentada rua Doutor Pedro Zimmermann, na Itoupava Central, levando malotes da empresa Brinks Logística de Valores.

Os malotes foram roubados em uma ação violenta que deixou a jovem morta e dois vigilantes da Brinks feridos nas pernas. Carros-fortes, caminhões da empresa de logística Fedex (no hangar vizinho), vidraças e paredes de imóveis próximos ficaram cheios de marcas de tiros de grosso calibre.

Continua depois da publicidade

 

Os dois carros pretos, um Dodge Journey e um BMW X5, foram abandonados no mato na rua Luiza Bauer, uma transversal da Erich Mayer, na Vila Itoupava. Os veículos estavam cobertos de camuflagem. As polícias Civil e Militar continuam buscando os assaltantes na região norte de Blumenau e em municípios vizinhos.

 

Sua empresa em destaque, Informações só clicar aqui

Receba Notícias e Informações diretamente em seu celular: Só Clicar aqui

COMENTÁRIOS