Femusc dá o tom em Jaraguá e traz incremento para rede hoteleira e gastronômica
13/01/2020 16:54 em Música

Janeiro é mês do que em Jaraguá do Sul? A resposta é fácil. É mês de calor sim, mas também é tempo de Femusc. O maior festival-escola de música da América Latina movimenta estudantes de todo país e do exterior e muda a rotina da cidade. 

Sons muito ensaiados, instrumentos bem afinados, diversos idiomas se misturando, professores renomados, preciosidades em todos os corredores do teatro, apresentações de aquecer os corações. Parecem cenas de um filme do cinema europeu, mas elas podem ser vistas na vida real e bem aqui na Scar.

Quer saber as notícias de Corupá e região? Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp

A 15ª edição do festival já está batendo à porta. A partir do dia 19 de janeiro serão 14 dias de um tom especial na cidade.

E se para a cena cultural é inegável o significado que o Femusc alcançou no mundo da música erudita, para economia local, o evento também traz incremento importante.

Segundo o diretor de Turismo da Prefeitura, Marcelo Nasato, a projeção é que a ocupação da rede hoteleira cresça em torno de 10% em relação ao ano passado, quando de 35% a 40% dos quartos estavam reservados. Já para bares e restaurantes, o reflexo pode ser ainda maior. 

“Principalmente na rota da Epitácio Pessoa, o movimento é diário. Nosso setor gastronômico evoluiu muito na última década e hoje é uma atração para quem visita a cidade. Oferecemos todo tipo de opção e com qualidade do produto e de atendimento”, diz o diretor.

Este ano, o Femusc reunirá 450 alunos e 80 professores de 21 países. Serão, ao todo, mais de 150 concertos. Para acompanhar a programação do 15º Femusc, que vai até o dia 1º de fevereiro, o público terá duas opções para garantir seus ingressos. 

Parte das entradas já estão sendo vendidas e podem ser adquiridas de forma antecipada pela internet no www.femusc.com.br. Os valores variam de R$ 30 a R$ 50. Já os ingressos gratuitos são distribuídos 48 horas antes do espetáculo para retirada na bilheteria.

Grande Concerto abre evento

O primeiro concerto do 15° Festival de Música de Santa Catarina vai acontecer no domingo, 19, às 20h30. O repertório inclui compositores como Franz Joseph Haydn, Giuseppe Verdi, Tom Jobim e Dorival Caymmi. Na sequência, às 22h, ainda tem mais música na série Happy Hour, que acontece no Café do Centro Cultural Scar.

Os ingressos para a abertura podem ser adquiridos antecipadamente pelo site www.femusc.com.br. Eles custam R$ 50 (inteira), R$ 40 (sócios) e R$ 25 (meia). Além disso, serão distribuídas entradas gratuitas nas 48 horas que antecedem o concerto. A retirada deve ser feita na secretaria da Scar.

Neste ano, o Femusc apresentará cerca de 600 obras, incluindo a suíte do balé “O Quebra-Nozes”, de Piotr Ilitch Tchaikovsky, apresentada com a Escola de Teatro Bolshoi do Brasil, e o Concerto para Oboé e Pequena Orquestra, de Richard Strauss, que executado pelo diretor artístico do evento, Alex Klein, garantiu ao Brasil, no início dos anos 2000, o único prêmio Grammy de música erudita da história. A agenda completa está disponível no site do evento.

 

COMENTÁRIOS