Histórico! Juventus goleia o Figueirense e garante vaga na semifinal do Estadual
30/07/2020 09:43 em Esporte

Pode comemorar torcedor. O Juventus está na semifinal do Campeonato Catarinense 2020. Com uma atuação de gala na noite desta quarta-feira (29), o Moleque Travesso se impôs e goleou o Figueirense por 4 a 1, em pleno estádio Orlando Scarpelli, e reverteu a vantagem conquistada pelo time capital no jogo de ida das quartas de final. Itinga abriu o placar para a equipe jaraguaense no primeiro tempo. Já na etapa final, Allan Christian fez o segundo e Alemão chegou a diminuir para os donos da casa. Mas nos minutos finais, Marllon marcou duas vezes e deu a classificação histórica para o Tricolor.

Com o resultado, o Juventus aguarda o vencedor do confronto entre Brusque e Joinville, que se enfrentam nesta quinta-feira (30), às 18h, no estádio Augusto Bauer. No primeiro duelo, o Brusque derrotou o JEC por 1 a 0, na Arena Joinville, e joga por um simples empate em casa.

Com a classificação, o Moleque Travesso retorna a uma semifinal de Série A após 14 anos. Em 2006, a equipe jaraguaense passou pelas duas primeiras fases e acabou sendo superado na semifinal pelo Joinville, ficando em terceiro lugar do Estadual daquele ano.

O Juventus começou com duas mudanças no time titular em relação jogo de ida. Após cumprir suspensão, Luiz Henrique voltou à lateral-esquerda e o volante Allan Christian entrou no lugar de Mikael. Com marcação adiantada e ocupando o campo de ataque, o Tricolor foi superior durante todo primeiro tempo, produzindo as melhores chances pelo lado esquerdo.

Após desperdiçar boas chances com Luiz Henrique, destaque da etapa inicial, e Pablo, a equipe jaraguaense teve a boa atuação recompensada, aos 32 minutos. Em rápida cobrança de falta, Marllon serviu Itinga, que cortou o zagueiro na entrada da área e bateu forte no canto esquerdo para abrir o placar. Aos 45, o próprio centroavante ainda teve outra grande oportunidade para fazer 2 a 0. Em ligação direta da defesa para o ataque, o camisa 18 ficou cara a cara com Sidão, mas chutou em cima do goleiro.

O Moleque Travesso não diminuiu o ritmo na volta do intervalo e ampliou a vantagem logo no primeiro minuto. Allan Christian pegou rebote e chutou de fora da área, marcando o segundo gol dos visitantes. Com a desvantagem, o Figueira acordou na partida e começou a criar as primeiras chances de perigo. Aos 14, Marquinho chutou dentro da área, Hudson Jr. deu rebote e Diego Gonçalves mandou por cima.

Três minutos depois, Hudson Jr. saiu de soco após cobrança de escanteio, mas rebateu mal e a bola sobrou para Elyeser cabecear e Alemão raspar de cabeça para o gol. Luiz Henrique ainda tentou tirar, mas a redonda já estava dentro: 2 a 1. O Juventus voltou a assustar, aos 25, quando Marcos Moser puxou contra-ataque pela direita e cruzou na medida para Marllon, que cabeceou no travessão. Quase o terceiro. Logo depois, o técnico Jorginho precisou fazer as primeiras substituições. Com câimbras, os laterais Luiz Henrique e Marcos Moser deixaram o campo para entradas do atacante Gustavo Poffo e do lateral-direito Maninho. Aos 36, o alvinegro quase chegou ao empate, com Diego Gonçalves que recebeu passe dentro da área e chutou para defesa de Hudson Jr. Mas quando o jogo se encaminhava para o final, o Moleque Travesso foi fatal, aos 42 minutos. Em jogada pela direita, Gustavo Poffo tocou para Itinga, que deu de calcanhar para Marllon chutar de primeira no canto e fazer o terceiro.

Logo na sequência, Pablo puxou contra-ataque pela esquerda, entrou na área e soltou uma bomba no travessão. O Figueirense ainda tentou pressionar nos minutos finais, mas quem marcou foi o Juventus. Aproveitando a defesa aberta do time da casa, Fabinho entrou na área e tocou para Marllon no segundo pau, que só teve o trabalho de empurrar para as redes. Final de jogo. Goleada e classificação histórica do time jaraguaense em pleno Orlando Scarpelli.

*Fonte: Avante Esportes

COMENTÁRIOS