Coronavírus em SC: Secretário da Saúde debate manutenção das habilitações de UTI em Brasília
07/10/2020 10:22 em Saúde

O secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, viaja nesta quarta-feira, 07, para Brasília. O objetivo é debater junto ao Ministério da Saúde a manutenção das habilitações dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) usados no tratamento de Covid-19 no estado.

Antes da viagem a Brasília, o secretário se reuniu com representantes dos hospitais filantrópicos catarinenses para ouvir as demandas e informar as estratégias. Na exposição de motivos junto ao Ministério da Saúde, a SES irá destacar que a permanência dos leitos habilitados representará manutenção do serviço tendo em vista as incertezas dos cenários futuros da pandemia.

Além disso, ainda existe a estratégia de manter parte da estrutura para atendimento da demanda das cirurgias eletivas, que deixaram de ser realizadas durante a pandemia.

Desde o início da pandemia, o Governo do Estado ampliou em 127% o número de leitos de UTI adulto, chegando a um total de 1533 leitos na rede pública. A estratégia promoveu o pleno atendimento a toda população catarinense mesmo nos meses de julho e agosto, considerados o pico da pandemia.

“Nenhum catarinense sofreu qualquer dano por falta de acesso a serviços de saúde durante a pandemia”, ressaltou Motta Ribeiro.

Atualmente, a taxa de ocupação hospitalar é de 58,5% e o índice de letalidade da Covid-19 é de 1,3% em Santa Catarina, de acordo com os dados divulgados no boletim diário desta segunda-feira, 05.

 

Governo de Santa Catarina

 

 
COMENTÁRIOS